As corujas são aves intrigantes, que fascinam as pessoas desde a idade média. Eles são vistos como sinais de má sorte ou morte, e associados à feitiçaria e outros males. Essa crença é generalizada até hoje. Eles são da ordem Strigiformes, que incluem cerca de 200 espécies de aves de rapina, em sua maioria solitárias e noturnas, tipificadas por uma postura ereta, uma cabeça grande e larga, visão binocular e audição binaural, com penas adaptadas para voo silencioso. Este projeto baseia-se principalmente em imagens de corujas-buraqueiras (Athene cunicularia), a espécie que mais fotografo, simplesmente porque são muito comuns na minha região.

© 2018 Paul Ojuara - Todos os Direitos Reservados